Voando por..

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Tão longe de casa...

Agora estou tão longe de casa, mas tão mais perto dos sonhos que criei. É incrível pensar em sonhos sendo realizados, é incrível pensar que meu lar está distante de onde meus pés possam alcançar. estou tão feliz e agradecidad a Deus, por ter me dado a oportunidade, não só realizá-lo, mas fazê-lo ao lado dessas pessoas que conheci e que hoje admiro muito. A saudade existe, mas ela é supotável, e até acho ser ela um preço bom a ser pagar pelos meus sonhos realizados. E também, como iríamos valorizar certas coisas se não sentímos saudade. Despedidas seriam muito fáceis, reencontros seriam totalmente sem graça, o adeus não seria tão dolorido, nem o abraço de acolhida seria tão esfuziante. Mas a vida é cheia desses momentos maravilhosos, e aqui, escrevendo diretamente de Curionópolis-PA, posso dizer que já estou com saudades dessa cidadezinha que despertou em mim mais que compaixão pelo ser humano, que pra mim foi uma linda lição de vida, e que agora estou me despedindo. Curionópolis foi muito bom te conhecer, conhecer os filhos dessa terra, me encantar com suas histórias que vão se perdendo no tempo, histórias de gente que sonhou, e sonha ainda, com o milagre do ouro, com o sonho encantado que Serra Pelada um dia foi. Mas agora é hora da partida, é hora do retorno para casa, mas sei que nunca vou esquecer o que vi, ouvi e vive por aqui, nesta terra abençoada e desse povo simples e alegre. Obrigado por tudo!!



" tem gente que vem e quer ficar, tem gente que vai pra nunca mais, tem gente que veio só olhar, tem gente a sorrir e a chorar, e assim chegar e partir..."




2 comentários:

  1. Muito bonito seu texto, tenho um amigo que diz que só quem pode escrever sobre saudade é quem estiver longe, mas perto o bastante para saber o que deve ser escrito.

    ResponderExcluir
  2. Gostei...

    Aproveito para deixar o endereço do meu blog http://viagemsemretorno.blogspot.com/

    ResponderExcluir